Visitar os estúdios da Warner Bros onde foram gravados os 8 filmes da saga de Harry Potter, com certeza foi uma das experiências mais marcantes para mim que acompanhei todos os livros da série. Mas, por mais que seja indescritível colocar aqui a emoção de ter conseguido realizar esse passeio, contarei para vocês um pouco sobre como é explorar os bastidores de Harry Potter.

A primeira coisa que tivemos que fazer para conseguir fazer a visita ao estúdio foi comprar com antecedência pelo site da Warner Bros os tickets, que possuem uma variedade de pacotes. Na hora de reservar seu ingresso, você já pode escolher incluir o áudio-guia que você usará na visita, e também um souvenir que é um livro-guia dos bastidores de Harry Potter. E é claro, que preferimos o pacote completo, afinal queríamos uma experiência completa também! No entanto, não achei nada demais no livro depois e só cheguei a folheá-lo, mas talvez um pottermaníaco se interesse mais que eu. De qualquer forma, o áudio-guia foi fundamental durante a visita, pois ia contando muitas curiosidades sobre o figurino, os cenários e os efeitos especiais à medida que você ia se deslocando por cada parte do estúdio e você ainda podia escolher a opção do áudio em português.

Guia da Warner Bros Tour

Com os tickets comprados, já em Londres tivemos que pegar um trem para chegar a estação de de Watford Junction, de onde dali poderíamos pegar um ônibus próprio do estúdio da Warner Bros. Para pegar esse ônibus é necessário a apresentação dos tickets ou o papel confirmando a reserva, e chegar com pelo menos 45 minutos antes do horário programado para o seu tour. Esse ônibus passa de 20 em 20 minutos e custa em torno de 2,5 libras cada trecho e não são aceitos pagamentos com qualquer tipo de cartão, apenas dinheiro.

Eu e meu irmão com o audio-guia

Enfim…chegamos ao estúdio depois de uns 25 minutos de viagem e descobrimos que tínhamos que emitir os tickets numa máquina ou pegar na bilheteria. Depois de muitas fotos em frente a entrada da Warner Bros, fomos para a entrada, onde tivemos que deixar nossas bolsas e apetrechos, mas felizmente pudemos entrar com nossa câmera, já que quase tudo lá dentro pode ser fotografado.

Com tudo muito organizado, fomos direcionados em uma fila para uma primeira sala do tour, onde víamos várias entrevistas em telas com os atores do filme falando sobre a saga. E logo depois, para uma sala de cinema, em que pudemos assistir mais videos sobre a história do menino bruxo. No entanto, essa parte não me marcou tanto, pois o mais interessante viria a seguir.

A entrada magistral na parte dos cenários se dá logo no Salão Comunal, onde no filme todos os estudantes se reúnem para fazer as refeições e para a reuniões importantes, de onde aparece toda aquela comida materializada para os grandes banquetes. Já nessa parte do estúdio vemos boa parte do figurino usado pelos personagens mais importantes do filme, como do diretor Dumbledore, do professor Snape, do Hagrid, da professora McGonagall e dos outros professores de Hogwarts, assim como dos estudantes das 4 casas.

Vestimenta dos professores
Salão Comunal
Vestimenta dos alunos
Salão Comunal
Salão Comunal

Caminhando mais à frente, vemos como foram feitos os cenários do Baile de Inverno do filme Harry Potter e o Cálice de Fogo, onde tudo é construído em vidro, para criar a ilusão de que na verdade é tudo feito de gelo. Vemos ainda nessa parte, o figurino usado no baile, as roupas de gala, as perucas usadas pelos personagens e um bocado de informações de quem trabalhou por trás dos bastidores, criando maquiagens, roupas, perucas e acessórios. Incrível notar o esmero nos detalhes da criação por trás de cada objeto, de cada cenário e cada figurino, pois foi tudo pensado para parecer o mais realista possível.

Vestimenta de gala
Palácio de gelo

Bem legal também é a parte em que eles mostram os desenhos que foram feitos para as tatuagens do Sirius Black e de outros personagens da saga.

Tatuagens do Sirius Black e perucas
Outras tatuagens e perucas

Vemos também todos os objetos que foram pintados e construídos para criar os cenários dos filmes, desde gravuras, pinturas, até mesmo objetos intricados de prataria ou ourivesaria, como os cálices e troféus mostrados nos filmes. E alguns, até mesmo imitando objetos antigos, foram especialmente feitos para parecer gastos ou até mesmo empoeirados ou mofados.

Lembrol ou Lembrador (muito útil para os esquecidos)
Mural de quadros bruxos
Ampulheta po Professor Horácio Slughorn
Gravura

Já em outra parte mais a frente, vemos o quarto em que Harry ficava na Grifinória no período que passava em Hogwarts, a sua cama, os livros de magia, o uniforme da escola e até mesmo a sua mala de viagem.

Quarto do Harry na Grifinória
Quarto do Harry na Grifinória

Uma curiosidade interessante dos efeitos especiais do filme, ligado aos cenários é como eles criavam os efeitos das velas flutuantes. No começo, eles penduravam as velas com fios no teto para criar esse efeito de que estavam flutuando, mas com o tempo viram que era uma péssima ideia, já que a cera acabava pingando nos atores e causando grandes transtornos nas filmagens. Logo, se passou a fazer os efeitos através de forma computadorizada.

 

Dentre os cenários mais interessantes da saga, vemos a sala do Dumbledore, o laboratório onde o Snape ministrava suas aulas e a cabana do Hagrid.

Laboratório de poções do Príncipe Mestiço (Professor Severo Snape)
Laboratório de poções do Príncipe Mestiço (Professor Severo Snape)
Cabana do Hagrid
Escritório do Professor Alvo Percival Wulfrico Brian Dumbledore

Nessa outra parte, mais para o final vemos os efeitos especiais do filme ligados a vassoura voadora e às motocicletas do Hagrid.

Moto voadora do Hagrid (ou seria do Sirius Black)
Moto voadora do Hagrid (ou seria do Sirius Black)
Vassoura mágica voadora

Agora, passando essa primeira parte do estúdio em que vemos os cenários mais importantes de lugares fechados do filme, seguimos para um a parte dos cenários abertos, que é onde você poderá experimentar a cerveja amanteigada e adquirir um dos copos como souvenir (existem 2 tipos de copos para serem vendidos). Mas, infelizmente para a minha decepção, a cerveja amanteigada parecia apenas um guaraná com chantilly e não achei muito saboroso. Ali também veremos o Nôitibus Andante, que é aquele ônibus que aparece para buscar o Harry no mundo dos humanos, desde o primeiro filme da série; e ainda a fachada da casa dos tios de Harry e ponte de Hogwarts.

Copos da cerveja amanteigada

Passando de novo para uma parte interna dos estúdios, agora veremos a parte dos bonecos de animatronics, a parte dos efeitos especiais, as máscaras criadas para o filmes e os monstros em grandes dimensões como a Aragog. Essa é definitivamente uma das partes mais legais, e alguns desses bonecos se mexem. É inclusive nessa parte que vemos o elfo doméstico mais querido da saga, o Dobby.

 

Agora estamos chegando ao fim do passeio e também ao Beco Diagonal, ou pelo menos a sua fachada externa, pois não podemos entrar nas lojas. O que eu achei uma grande pena, pois queria muito que houvessem as lojas abertas ali para entrarmos e comprarmos as mesmas coisas que aparecem no filme!

Mas então, é o fim da jornada e nos deparamos com a sala com uma maquete imensa de Hogwarts, que deixaria qualquer um fascinado pela quantidade de detalhes e de pensar em como conseguiram construir algo tão perfeito!

Terminada a última sala do passeio, somos levados de encontro a loja mais maravilhosa que um fã de Harry Potter poderia sonhar e onde finalmente eu posso adquirir o que eu queria do Beco Diagonal. Nessa lojinha você vai encontrar tudo o que você puder imaginar do filme, desde almofadas, camisetas, broches, marcadores de livros, sapos de chocolate, feijões mágicos, até mesmo as varinhas usadas pelos magos no filme. É claro que tem para todos os gostos, mas não tanto para todos os bolsos, pois as coisas estão em libras e já não são baratas, mas é sempre possível achar uma lembrancinha pra levar pra casa.

Almofada da Corvinal
Chaveiros da corvinal e do chapéu seletor, marcador de livro da Sonserina e imã de geladeira de hipogrifo.

Bom…espero que tenham gostado dessa narrativa pelos bastidores de Harry Potter, apesar de não ter falado de tudo, pois seria impossível detalhar tantas coisas que eu vi nesse tour. Mas, só posso esperar que tenha passado um pouco da sensação de entrar no universo magistral do filme e dessa história fantástica que tanto nos conquistou por anos. E se você for fã da saga e quiser acompanhar tudo desse universo, não deixe de curtir o fã clube no facebook.  E agora deixo para vocês uma galeria com mais fotos do filme:

Por: Madame Schirmer

Uma apaixonada por viagens, história, culinária e cervejas.

Loading Facebook Comments ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *