País de Gales: Visitando Cardiff


O País de Gales ou Wales se localiza geograficamente na península da Grã-Bretanha, a leste da Inglaterra e é uma das nações que formam o Reino Unido.

No país há 2 idiomas oficiais, o inglês e o galês, que é falado por 19% da população e descende de uma língua do século VI. Ele possui semelhanças com dialeto falado na Cornualha e também com o bretão e parece estar bem entranhado no cotidiano do povo. Na capital, Cardiff, por exemplo, você sempre verá placas, folders e guias em ambas as línguas. No entanto, sua escrita provoca uma grande estranheza para quem não está familiarizado, ou ao menos eu achei a escrita bem diferente de tudo que já vi.

Na viagem que fiz para o Reino Unido, além de Inglaterra, inclui também o País de Gales, tanto pelo fato de ser um dos países com mais castelos no mundo por metro quadrado, quanto pelo fato de abrigar muita coisa da cultura celta.

Agora que falei um pouco do País de Gales, vamos falar de Cardiff, que foi onde fiquei hospedada por 3 dias e que passeios podem ser feitos por lá.

CARDIFF CASTLE

O Castelo de Cardiff é um mega complexo que envolve construções de diversos períodos que contam mais de 2 mil anos de história.

A primeira edificação do local foi uma fortaleza romana do século I d.c, construída ali por ser um ponto estratégico de acesso ao mar. Acredita-se que essa foi a primeira de outras 3 que também foram construídas no local. Atualmente o que restou dela são apenas as ruínas da antiga muralha.

Ruínas da muralha
 

Já no período normando (a partir de 1066 d.c), a torre do castelo foi construída em madeira utilizando o antigo local do forte romano. Mais tarde foi reconstruída (no séc.XII) em pedra que é como se encontra atualmente. Essa é a parte do castelo que mais chama a atenção, e para chegar ao topo você deve subir um bocado de degraus, mas lá de cima é possível ter uma vista deslumbrante dos arredores e de todo castelo.

 
Parte nterna da Torre normanda
Parte nterna da Torre normanda
Vestígios de uma antiga chaminé
Vista da Torre normanda

O castelo passou pelas mãos de várias famílias durante a Idade Média até a Idade Moderna. Mas foi a família Bute quem mais marcou a história do castelo, principalmente pelas reformas que empreenderam em sua época através do arquiteto William Burges, com o intuito de reviver o estilo gótico das construções. Desse período do século XIX temos o suntuoso palácio, que era onde ficava as acomodações da família Bute e a belíssima Torre do Relógio, ambos no estilo neogótico vitoriano. No entanto, para visitar essas partes do castelo, você deve pagar cada um dos tours separadamente.

Vista do Palácio e da Torre do Relógio
 
Espaço interno do palácio
Detalhe da Biblioteca do Palácio

Já de um período mais recente da história há os bunkers da Segunda Guerra Mundial que se localizam dentro de túneis subterrâneos de baixo do castelo. Nele se tentou fazer uma reconstrução de como seria o bunker na época, com cartazes de propaganda da década de 40 espalhados pelos corredores e espaços que seriam reservados para a cozinha, banheiro e  postos de primeiros socorros. E para levar ainda mais para a atmosfera do lugar, sirenes tocam durante o seu percurso pelos túneis.

 
 
 
 

Uma curiosidade do lugar é que lá está a réplica perfeita de um trabuco (espécie de catapulta) do século XIII que foi usado no filme “Ironclad” (Sangue e Honra). Essa arma de cerco militar utilizada para esmagar muros na Idade Média, suportava pedras de até 150 quilos.

 

Para finalizar, deixo aqui as minhas dicas para quem quiser visitar o castelo:

Fique atento aos horários e dias dos tours que você pode fazer aqui no site oficial do Cardiff Castle. Reserve um dia inteiro para essa atração, caso você queira visitar todas as edificações do castelo; e por último não deixe de pegar o áudio-guia (em 10 línguas) e o mapa logo na entrada, pois eles são gratuitos e te ajudarão a entender um pouco da história do castelo.

NATIONAL MUSEUM CARDIFF

O museu nacional de Cardiff possui entrada gratuita e fica localizado no centro cívico da cidade. O museu abrange coleções de arte, história natural e geologia.

A coleção de arte realmente chama a atenção, pois é formado por obras não só artistas nacionais, mas também de pintores famosos como El Greco, Rodin, Renoir, Cézanne, William Turner, Degas e Magritte. Além disso, o museu possui uma das melhores coleções de pintura impressionista da europa.

Quadro de El Greco
Quadro do William Turner

Já na parte de geologia você vai encontrar a história da evolução do País de Gales do Big Bang até a nossa atual era geológica, contada através de diversos recursos tecnológicos, vídeos e também objetos como meteoritos, fósseis, esqueletos de dinossauro e até mesmo um pedaço de rocha da lua.

Já na parte de história natural há muitas aves e insetos, que fazem parte da fauna do País de Gales. Mas o mais interessante dessa parte é o esqueleto de mamute e sua reconstituição feita de animatronic, assim como o impressionante esqueleto de baleia jubarte.

 

Para saber mais informações como horários de funcionamento, dê uma olhada no site oficial do National Museum Cardiff.

WALES MILLENIUM CENTRE

Fotos de divulgação do Visit Cardiff.
Fotos de divulgação do Visit Cardiff.

Essa construção impressionante é uma espécie de centro cultural, em funcionamento desde 2004, e é onde são realizados shows, musicais, óperas, dentro outros eventos na cidade.

Se você for passar uns dias em Cardiff, aproveite para comprar um ingresso para assistir um dos belíssimo espetáculos que são realizados ali. Para isso você pode entrar no site oficial do Wales Millenium Centre e comprar o seu ingresso, o que é muito mais recomendável do que deixar para comprar em cima da hora, já que é possível que você não ache ingressos em conta muito perto da data. Mas se você por algum motivo não puder ou não quiser, poderá fazer também uma visita guiada pelos bastidores do Milleniun Centre, por apenas 5 libras. Dentre as outras atrações que o local oferece estão uma cafeteria, alguns bares, um restaurante e uma lojinha de souverniers.

MERMAID QUAY 

Foto de divulgação do Visit Cardiff.
Vista da Baía de Cardiff

Essa é uma das partes mais bonitas da cidade e é onde você deve ir se quiser ir dar uma volta a noite ou até mesmo tomar bons drinks ou jantar. Ali é onde fica a baía de Cardiff e é onde se concentra diversos restaurantes, bares e boates.

No Mermaid Quay recomendo como um bom lugar para comer o Strada, que é de uma rede de restaurantes de comida italiana, que oferece preços razoáveis e uma boa variedade de pratos, além de uma comida bem saborosa. Se for, uma boa pedida para beber é a cerveja italiana Birra Moreti que costuma ter em todas as filiais da rede. E caso vá no outono como eu, poderá comer nas mesas de fora com um tocheiro a noite e uma vista deslumbrante da baía.

Já se você estiver procurando uma cafeteria para tomar um bom café quente ou para simplesmente comer alguma guloseima, pode experimentar o famoso Costa, que é uma rede de cafeterias que tem espalhada por diversas cidades no Reino Unido.

DOCTOR WHO EXPERIENCE

Fotos de divulgação do Visit Cardiff.
Fotos de divulgação do Visit Cardiff.
Fotos de divulgação do Visit Cardiff.
Fotos de divulgação do Visit Cardiff.

Por último, mas não menos importante para quem é fã da série, é na cidade de Cardiff que você poderá visitar o Doctor Who Experience. O local também fica em Cardiff Bay e foi construído especialmente para isso, e fica bem pertinho do estúdios da BBC onde é gravado o seriado. Com certeza é um prato cheio para os fãs, oferecendo diversas atrações, dependendo de tipo de ingresso que você comprar. Com o ticket padrão, você poderá ter uma experiência interativa, como se estivesse em uma das histórias do Doctor Who e também terá acesso a uma exposição com partes do set, figurinos e objetos da série. Já em algumas épocas do ano fica a venda ingressos que dão direto também a uma visita aos estúdios da BBC e aos lugares em Cardiff onde foi filmado o seriado.

Uma dica importante é que se você comprar o ingresso do Doctor Who Experience e apresentá-lo depois na entrada para o Cardiff Castle, você ganhará 10% de desconto na entrada e o contrário é válido também. Detalhe é que a mesma promoção é válida para que tiver o Cardiff Card e também para quem for fazer o passeio nos ônibus turísticos através do City Sightseeing Cardiff.

Por fim, vou ficando por aqui e espero que tenham gostado de conhecer mais sobre o País de Gales.  Caso queiram saber de algo que não tenha aparecido na publicação, fiquem a vontade para mandar um e-mail ou deixar sua mensagem aqui.

Por: Madame Schirmer

Uma apaixonada por viagens, história, culinária e cervejas.

Loading Facebook Comments ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *